Seg - Sex | 8h às 18h
contato@iomacae.com.br
Pesquisar
Close this search box.

Psicologia Oncológica e sua Importância no Tratamento do Câncer

Psicologia Oncologica

Receber o diagnóstico de câncer pode ser avassalador e gerar uma série de emoções negativas, como medo, tristeza e ansiedade. Nesse contexto, a psicologia oncológica se torna fundamental para ajudar o paciente a lidar com essas emoções e a enfrentar o tratamento de forma mais positiva e saudável. Neste post, vamos discutir como a psicologia oncológica é importante no tratamento do câncer, quais são seus principais benefícios e como ela pode ser aplicada.

 

A Importância da Psicologia Oncológica

Esses profissionais têm como objetivo principal ajudar o paciente a lidar com as emoções desencadeadas pelo diagnóstico de câncer e pelo tratamento, além de auxiliar na manutenção da qualidade de vida. É importante destacar que o tratamento do câncer envolve uma abordagem multidisciplinar e que a psicologia oncológica é uma peça fundamental nesse processo.

 

Benefícios da Psicologia Oncológica

Há diversos benefícios para o paciente, como a redução da ansiedade, melhora na autoestima, aumento da adesão ao tratamento, redução dos efeitos colaterais dos tratamentos e melhora na qualidade de vida. Além disso, o suporte emocional oferecido pelo tratamento pode contribuir para a prevenção de transtornos mentais como depressão e transtornos de ansiedade.

 

Como a Psicologia Oncológica Pode Ser Aplicada

Bem como, a psicologia oncológica pode ser aplicada em diferentes fases do tratamento, desde o diagnóstico até a fase de remissão da doença. O profissional realiza uma avaliação inicial para identificar as principais necessidades emocionais do paciente e, a partir disso, desenvolve um plano de atendimento individualizado.

 

A Importância da Parceria entre Psicólogo e Oncologista

Sobretudo, a parceria entre o psicólogo e o oncologista é fundamental para garantir um tratamento integrado e eficaz. O psicólogo pode fornecer informações sobre o estado emocional do paciente e orientar o oncologista como as emoções do paciente podem afetar o tratamento. Já o oncologista pode fornecer informações importantes sobre o tratamento e orientar o psicólogo sobre como adaptar a abordagem psicológica às necessidades do paciente.

Em resumo, é um procedimento fundamental, oferecendo suporte emocional ao paciente e contribuindo para a melhora da qualidade de vida. É importante ressaltar que a psicologia oncológica não substitui o tratamento médico tradicional, mas sim o complementa. Portanto, é essencial que o paciente conte com uma equipe multidisciplinar durante todo o processo de tratamento.

 

Veja todas as especialidades e procedimentos

Mais conteúdos em nossas redes sociais.

Artigos Recentes

Categorias

Midias Sociais

plugins premium WordPress